header
Pesquisa Avançada
Resultados da sua pesquisa

Amortização / Redução de parcelas de financiamento imobiliário: o que é e como fazer?

por Mais M2 em: 8 de abril de 2021
Amortização / Redução de parcelas de financiamento imobiliário: o que é e como fazer?
Comentários aprovados:0

A amortização está prevista em todos os contratos de financiamento, principalmente nos financiamentos imobiliários, já que são mais longos que outras modalidades de empréstimos. Nesse texto, você vai entender melhor o que é uma amortização de financiamento imobiliário e como fazer uma.

Amortização

Amortizar significa pagar parte de uma dívida. Tecnicamente, ao pagar as prestações do financiamento você está fazendo uma amortização. Entretanto, esse conceito é mais usado para indicar a antecipação do pagamento das parcelas do financiamento.

Amortização de Financiamento Imobiliário

A amortização de um financiamento imobiliário acontece quando o valor das parcelas é pago adiantado. O objetivo aqui é reduzir o montante original da dívida e, consequentemente, diminuir a quantidade de juros e o período de contrato.

Assim, a quantidade de parcelas a serem pagas é menor, assim como o valor pago em cada uma delas.

Modelos de Amortização

Existem alguns modelos de amortização no mercado. Nos financiamentos imobiliários os mais usados são o Sistema Price e o SAC.

— Sistema Price: esse modelo se caracteriza por parcelas com preço fixo, nas quais a porcentagem referente à amortização vai aumentando e a dos juros caindo. As prestações são ajustadas de acordo com a inflação, o que pode fazer o valor aumentar muito, por isso não é um modelo muito usado no Brasil.

— SAC: modelo mais usado pela Caixa Econômica. No Sistema de Amortizações Constantes (SAC) o valor da parcela referente à amortização é sempre o mesmo, o que varia são os juros. Esse modelo é caracterizado pelas prestações que vão diminuindo com o passar dos anos.

Acesse nossa página de imóveis à venda!

Amortização vale a pena?

Para decidir se fazer a amortização do financiamento imobiliário é um bom negócio, é preciso analisar a taxa de juros do financiamento e compará-la com as taxas de juros de um investimento de rendimento fixo, como o Tesouro Direto.

Se a taxa de juros do investimento for maior, é mais interessante deixar o dinheiro rendendo do que antecipar os pagamentos do financiamento. Além disso, se os juros do empréstimo forem maiores, fazer a amortização da dívida é uma excelente ideia.

Não existe uma receita certa na hora de se decidir pela amortização. Além dos fatores financeiros, questões pessoais também interferem na decisão. Por exemplo, se livrar de uma dívida grande pode ser mais importante para alguns do que ter dinheiro investido.

Como fazer uma amortização

Para fazer a amortização do seu financiamento imobiliário é preciso entrar em contato com sua instituição financeira e solicitar a operação. Você pode usar suas economias e até mesmo o valor do FGTS para fazer a amortização.

Ao antecipar as parcelas, é possível escolher entre reduzir o tempo de contrato ou diminuir o valor das prestações. Se a sua situação financeira é estável, reduzir as parcelas é o mais interessante. Agora, se você tem outras dívidas a serem pagas, reduzir o tempo de contrato é a melhor opção.

Preparado(a) para comprar seu apartamento?
Acesse nosso blog, conheça as modalidades mais vantajosas de financiamento imobiliário do mercado e escolha seu ap novo em promoção clicando aqui.

 

Compartilhar

Comparar