header
Pesquisa Avançada
Resultados da sua pesquisa

O que esperar do mercado imobiliário em 2021?

por Mais M2 em: 4 de fevereiro de 2021
O que esperar do mercado imobiliário em 2021?
Comentários aprovados:0

Um ano depois de incertezas, por causa da pandemia, gerando uma crise econômica em diversos setores, o mercado imobiliário demonstra indícios de aquecimento e crescimento. Podemos acreditar que a crise terminou e que 2021 será melhor? Esse é o tema deste artigo. Vamos falar sobre o que podemos esperar do mercado imobiliário neste ano de 2021.

Pandemia e o mercado imobiliário

O fechamento do comércio de produtos e serviços e as demissões em vários setores causaram prejuízos e problemas para muitas pessoas. Entretanto, no mercado da construção civil a realidade foi diferente.

As divulgações prévias das incorporadoras de capital aberto demonstram crescimento de 2,9% no Valor Geral de Vendas, (VGV) lançado em 2020, e de 11,3% nas vendas líquidas.

Somente no quarto trimestre de 2020, os lançamentos tiveram expansão de 9,5% e as vendas aumentaram 16%.

Os empreendimentos imobiliários não pararam e a histórica queda na taxa de juros permitiu que o mercado voltasse a aquecer rapidamente.

Projeções para o mercado de imóveis em 2021

De acordo com estudos da Associação Brasileira das Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), a demanda por imóveis continuam e o crescimento expressivo da oferta, deve se repetir e consequentemente nas unidades de renda média e alta.

Segundo a pesquisa, 97% das 38 maiores empresas do mercado imobiliário anunciaram investimentos nesse ano.

Outro fator causado pela pandemia contribuiu para essa retomada rápida: as pessoas passaram muito mais tempo em casa em 2020 e perceberam necessidades diferenciadas em relação aos espaços de convívio. Com isso, a busca por imóveis com área útil maior, que permitem a criação de espaços de lazer e home office, além de outras comodidades, aumentou tanto no mercado de compra como de aluguel de imóveis.

Muitas empresas estão adotando o home office como modelo de negócio e as pessoas perceberam uma necessidade de ter espaços de trabalho em suas casas.

Empreendimentos amplos e arejados são uma nova tendência de investimentos. Assim como os espaços de coworking, por exemplo, para atender uma demanda de escritórios e shoppings fechados.

Portanto, podemos afirmar que as projeções para esse mercado são positivas em 2021.

Como aproveitar as oportunidades do mercado imobiliário em 2021?

Com a necessidade de isolamento social, as empresas precisaram se reinventar e fizeram isso com maestria. Conseguiram aproveitar as inovações tecnológicas e criaram verdadeiros tours virtuais, permitindo que os compradores tivessem experiências diferenciadas na busca por imóveis.

A princípio quem percebeu essa necessidade e se antecipou saiu na frente, apesar disso ainda existe muito espaço no mercado

O investimento em marketing digital, como a construção de sites otimizados, conteúdos para redes sociais e anúncios também trouxe grandes benefícios e deve continuar sendo tendência nesse mercado.

A manutenção da taxa de juros baixa, como é a estimativa anual, também contribuirá para a aquisição de imóveis financiados voltados para a classe média e alta.

Quer saber mais sobre o mercado imobiliário? Acesse o nosso blog e confira mais artigos.

Compartilhar

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Comparar