header
Pesquisa Avançada
Your search results

Queda do juros do crédito imobiliário

por Mais M2 em 19 de maio de 2019
Queda do juros do crédito imobiliário
Comentários aprovados:0

Com a redução dos juros para financiamento da casa própria, o mercado imobiliário volta a ficar aquecido e convidativo para quem tem planos ou estava adiando o sonho de ter um imóvel novo.

Essa retomada dos holofotes para as oportunidades se deu principalmente após o anúncio feito recentemente pela Caixa Econômica Federal – maior financiadora do setor – que não reduzia os créditos desde novembro de 2016. Agora, as taxas mínimas cobradas passaram de 10,25% para 9% ao ano. Dessa forma, os valores estipulados pelos maiores bancos estão mais próximos e competitivos.

Essa redução de juros é enquadrada no Sistema Financeiro de Habitação (SFH), que permite financiamento de imóveis de até R$ 950 mil em São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal, e de até R$ 800 mil nos demais estados. Para os empreendimentos enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI) a redução foi de 11,25% para 10%.

Cálculo realizado pelo Sindicato de Habitação (Secovi-SP) apontou, por exemplo, que um imóvel de R$ 250 mil com 80% de financiamento em 20 anos apresenta uma economia de juros que chega a R$ 25 mil no período.

Mas qual é a influência da Selic na redução dos juros imobiliários?

Segundo dados do Banco Central, as tarifas médias de mercado para financiamento de imóveis para pessoas físicas caíram cerca de 4% em comparação ao período de janeiro de 2017 e fevereiro deste ano, em meio à trajetória da queda da Selic – taxa básica do mercado financeiro do Brasil. O mercado imobiliário é um dos importantes setores de economia, por isso, há uma correlação entre os juros básicos e os praticados nos empréstimos para aquisição de imóveis.

No entanto, a taxa Selic não é estabelecida pela base de custo do mercado imobiliário, e sim por uma disputa de captação de recursos dos investidores promovida entre os dois segmentos comerciais. Quanto mais investimentos voltados aos fundos com a Selic, maiores são as chances de alteração na taxa de financiamento imobiliário dos bancos. Além disso, há outros fatores que influenciam como o relacionamento do cliente com o banco, o valor do imóvel e o perfil e renda do comprador.

Faça uma compra de sucesso

O reaquecimento do mercado demonstra que este é um momento favorável para compra de um imóvel, e para lhe ajudar a fazer a melhor escolha contamos com uma equipe de corretores imobiliários preparados para apresentar os empreendimentos em diversos bairros de São Paulo, Grande São Paulo e litoral paulista, e as facilidades de optar por um imóvel pronto para morar. Estamos também capacitados a assessorar os clientes nos processos de financiamento de imóveis, em relação às taxas e juros bancários.

Além disso, nada melhor do que contar com o auxílio de profissionais para ter segurança e a certeza de que está fazendo a melhor aquisição, seja na definição da localização, do tipo de apartamento e na orientação dos processos burocráticos e documentações. Para ter uma compra de sucesso, conte com os serviços de assessoria imobiliária da MaisM2!

Compartilhar

Deixe seu comentário

Your email address will not be published.

Comparar